© Mundo Universitário
Opções de vida
Editorial - Relatos muito pessoais
Laura Alves é uma presença simpática aqui na redacção. Lá está ela de volta das notícias que preenchem a página www.mundouniversitario.pt e, mais recentemente, gerindo também as opiniões que a nossa malta vai deixando no Fórum MU, a que se tem facilmente acesso através do site MU. Integrou a equipa há pouco tempo e a equipa, solidária, fica orgulhosa ao saber que acaba de editar ‘Não Quero Ser Mãe’, um livro com a chancela da Livros de Seda, que conta com prefácio de Joana Amaral Dias e posfácio de Carla Hilário Quevedo.
Por Raquel Louçã Silva | directora | rsilva@mundouniversitario.pt
«Como poderão constatar através dos diferentes testemunhos de mulheres apresentados, este livro não pretende ser um estudo científico. É um álbum de retratos e de opções de vida, no qual, por entre as respostas encontradas, se deixam antever questões», apresenta Laura, na Introdução. Mais actual impossível, esta interessantíssima recolha de testemunhos que dá a pessoas com opções tantas vezes mal aceites o direito de serem figuras centrais... sem serem sujeitas a juízos de valor. Obrigatório comprar!

Apresso-me agora a também aconselhar vivamente esta edição do MU: não se compra mas vale a pena na mesma. É que se de histórias de vida muito próprias fala o livro da Laura, o que dizer do grupo de amigos da área de comunicação que recentemente mandou os empregos em Portugal para o espaço e se aventurou na neblina londrina. Ai, ai, o chamamento de Londres... O chamamento de Londres põe a cabeça de gerações atrás de gerações a andar à roda. Estão felizes por lá, como atestou um colaborador que os foi visitar, uns trabalham, outros trabalham e estudam...

E vai mais uma história de vida, esta de um teor dramático e um exemplo de sobrevivência impressionante. Shlomo Venezia é um membro da comunidade judaica que completa 85 em Dezembro e que sobreviveu aos horrores de Birkenau, um campo de concentração vizinho a Auschwitz, onde desempenhou funções de porteiro, digamos, das câmaras de gás. Basicamente guiava outros judeus para a morte. Agora escreveu um livro e anda a repetir a história aos jornalistas em tom intenso para ver se se livra dos fantasmas.

Outra história, esta bem mais factual, é a do Orçamento de Estado para 2009. As verbas para o Superior aumentaram. Custa a acreditar mas foi mesmo oficialmente anunciado.
20.10.2008
COMENTAR
ENVIAR AMIGO
IMPRIMIR

Neste momento não há passatempos a decorrer.