[ TOP 3 NOTÍCIAS ]

1] University Poker Tour
4326 comentários

2] Letras em flor
3162 comentários

3] Festa TAGUS/MU na LX Factory
634 comentários

© Mundo Universitário
TEXTOS RELACIONADOS
CONCERTOS. Três palcos vezes três dias é igual a 57 actuações
Uma viagem do Metal à Dance Music
O festival Optimus Alive 09 volta ao Passeio Marítimo de Algés e afirma-se, a cada ano que passa, como o mais completo festival a decorrer em Portugal. Do Metal ao Indie-Rock passando pelas novas tendências na música de dança, apresenta um leque tão variado de ofertas que se torna impossível resistir e não dar lá um salto.
Por José Frazão Reis | info@mundouniversitario.pt
5.ª feira, 9 de Julho
PALCO OPTIMUS
NA SOMBRA DO METAL
Passando as barreiras do Heavy-Metal, os Metallica rompem rótulos e são das bandas mais amadas e respeitadas da actualidade. Agradando a Gregos e a Troianos, os quatro Cavaleiros do Apocalipse estão de volta a território nacional com mais um sucesso editado, ‘Death Magnetic’. Mais um álbum de originais a compor uma vasta obra de êxitos e que, James Hetfield, Lars Ulrich, Kirk Hammett e Robert Trujillo vão transportar para o palco como sempre o fazem, com uma entrega total.
Arrepiantes e frenéticos em palco, os mascarados Slipknot são das mais intensas bandas ao vivo nos dias que correm, e vêm ao Alive com um novo trabalho acabado de sair da forja, ‘All Hope Is Gone’, portanto um concerto a não perder.
Palco Super Bock – Palco Optimus Discos. De volta ao Optimus Alive para o palco Super Bock estão os britânicos Klaxons, a banda revelação do ano de 2007 com o excelente álbum ‘Myths of the Future’. Actuam depois dos impressionantes TV On The Radio, um dos mais interessantes projectos do novo milénio. No Palco Optimus Discos tocam os Tiguana Bibles de Coimbra e o setubalense Mazgani.

6.ª feira, 10 de Julho
PALCO OPTIMUS
DOIS ESPERADOS RETORNOS

De volta aos discos e aos concertos estão os explosivos The Prodigy. Com cinco Lp’s de originais na ementa, Liam Howlett, Keith Flint e Maxim Reality são dos mais endiabrados grupos ao vivo. Vindos de um passado Big-Beats, os The Prodigy adaptaram-se aos novos tempos, mesmo quando muitos já lhes haviam vaticinado a morte. Renascida, qual Cristo, a banda incendeia o Palco Optimus no principal dia do evento.
Já se perdeu a conta às vezes que actuaram no nosso País, mas os Placebo voltam a Portugal para actuar no Alive. Longe de cansar com as suas presenças tão assíduas, o trio liderado por Brian Molko volta em grande forma e com mais um trabalho no cestinho, o irresistível ‘Battle for the Sun’.

Palco Super Bock – Palco Optimus Discos
A dança irreverente dos carismáticos Fischerspooner cai no Palco Super Bock. O Electro-Clash do qual foram uma das bandas de vanguarda, aterra em grande esplendor neste festival, antecedendo uma das mais esperadas e divertidas bandas da actualidade, os The Ting Tings. E é mesmo esperada uma grande afluência de público a este palco para ouvir Katie White cantar ‘That’s Not My Name’.
No Palco Optimus Discos é de destacar a presença dos Lisboetas Coldfinger.

Sábado, 11 de Julho
PALCO OPTIMUS
OS AMIGOS AMERICANOS
Se há banda que arrasta verdadeiras romaria aos festivais, é a de Dave Matthews Band. Formado em Charlottesville, Virgínia, nos Estados Unidos, este colectivo é adorado por milhões mas também detestado por muitos. Mas uma coisa é certa, a Dave Matthews Band não passa ao lado de ninguém graças a muito trabalho já feito. Com um Pós-Grunge embutido num rendilhado Folk, a eclética banda chega uma vez mais a Portugal para encerrar o palco principal do Optimus Alive e fazer as delícias dos fãs.
As super vedetas do Hip-Hop norte-americano, Black Eyed Peas viajam para o Alive com o estatuto de príncipes dessa vertente musical, carregando uma energia inesgotável em palco. A banda mostra ao vivo o porquê de tantas nomeações para prémios e porque ganhou tantos deles, desde o grande sucesso que lançaram no ano de 2003, ‘Elephunk’.

Palco Super Bock – Palco Optimus Alive
Mais uma estreia em Portugal muito esperada, é a dos Silent Film. Depois de conquistar os media britânicos, a banda de Oxford prepara-se para mostrar o seu primeiro trabalho, ‘The City That Sleeps’, pela Europa. O grupo actua no Palco Super Bock depois dos portuenses X-Wife.
A agenda no Palco Optimus Discos tem programado os Madame Godard, uma das grandes promessas da música actual, a que se seguem os grandes Linda Martini. O festival encerra com o vocalista dos X-Wife, DJ Kitten, nos pratos.

BILHETES
Diária – 50€
Passe 3 dias – 90€
Campismo – 15€ (para portadores do passe 3 dias)

TRANSPORTES E CAMPISMO
À semelhança dos anos anteriores, e numa parceria com a CP e com a Carris, pode-se chegar ao recinto por comboio a partir do Cais do Sodré e de Cascais. À noite, a partir das três da manhã e até às 4h30, com intervalos de 30 minutos, haverá um regime especial de comboios a partir de Algés para Lisboa e Cascais. A Carris tem ligações especiais entre a meia-noite e as cinco da manhã desde Algés e do Cais do Sodré, até Benfica, Linda-a-Velha e Gare do Oriente.
Para quem mora mais longe, a organização estabeleceu uma parceria com a Renex, que coloca à disposição dos festivaleiros, autocarros com ida e volta de Braga, Porto, Famalicão, Vila Real de Santo António, Faro, Vale Paraíso (Albufeira), Lagoa e Portimão.
09.07.2009
COMENTAR
ENVIAR AMIGO
IMPRIMIR
comentários
de Ana...
Os Metallica são uns senhores... e comprovaram-no mais uma vez, se dúvidas houvesse, ontem à noite no Optimus Alive. Tass bem, g'andas malucos??!!
10-07-2009 14:30

Neste momento não há passatempos a decorrer.