© Mundo Universitário
Ano novo
Praxe também é solidariedade
Há quem não se esqueça dos outros e aproveite este período de praxes para ajudar quem mais precisa. Por todo o país há inúmeros exemplos. O UM dá-te a conhecer dois deles!
Pelo segundo ano consecutivo os alunos de 3º ano dos cursos de Biologia Marinha e Biologia da Universidade do Algarve decidiram proporcionar aos caloiros uma tarde diferente. Uma tarde solidária. “Nestes cursos a solidariedade com o próximo é levada muito a sério, e o encontro desta tarde com o CIAA - Combate à Indiferença e Abandono Animal foi prova disso”, informa este grupo que surgiu em setembro de 2012 e que é actualmente é constituído por 29 voluntárias.

“Num registo informal, os caloiros descobriram o trabalho e as dificuldades que se ultrapassam todos os dias para salvar os animais abandonados ou que vivem na rua. Ficaram a conhecer o sistema de Famílias e Acolhimento Temporárias (FATs), os benefícios e a importância da esterilização, como podem ajudar animais em risco, e, principalmente, que todos juntos podem fazer a diferença”, informa ainda o CIAA ao MU em comunicado. No final, vários caloiros mostraram interesse em se tornarem voluntários e assim ajudarem o CIAA a continuar a reduzir o sofrimento dos muitos animais sem dono.
“Caloiros e académicos angariaram um total de 71€ que entregaram ao CIAA e que se destina agora a apadrinhar o Bobby, um cão sénior comunitário com problemas de coração e que se magoou recentemente numa patinha”, conclui o CIAA.

Por Lisboa, a Associação dos Estudantes do Instituto Superior de Agronomia (ISA) organizou uma Praxe Social em benefício da Comunidade de Alcântara. A iniciativa consistiu na requalificação do muro do Atlético Clube de Portugal, no passado dia 23 de Setembro. “O Estádio do Atlético Clube de Portugal confina em parte com a Tapada da Ajuda, pelo que esta atividade terá, igualmente, um impacto visual positivo no campus do ISA”, informou a Reitoria da Universidade de Lisboa.

A iniciativa apostou ainda numa recolha de produtos de higiene e toalhas a favor do Balneário Comunitário de Alcântara, que se encontra ainda a decorrer até dia 2 de outubro. “O Balneário de Alcântara é o único balneário, em Lisboa, com banhos gratuitos, assim como apoio social. Os beneficiários deste serviço dividem-se entre a população sem-abrigo, famílias, em especial idosos cujas habitação ainda não possuem casas de banho e agregados em situação de carência económica”, lê-se no comunicado.
28.09.2015
COMENTAR
ENVIAR AMIGO
IMPRIMIR

Neste momento não há passatempos a decorrer.